PISCINA EM CONDOMÍNIO FECHADO: CONHEÇA OS PRINCIPAIS TIPOS

Quem não sonha em ter uma bela piscina para poder reunir a família e amigos e se refrescar no verão, além de valorizar o seu imóvel em condomínio fechado?! Por isso, separamos dicas dos tipos de piscinas e os materiais mais utilizados, para você conhecer e saber um pouco mais antes de construir a sua.

Antes da construção, é super importante projetar a piscina e verificar o espaço a ser utilizado na construção e qual o melhor tipo de piscina, que valorize o seu imóvel. Após a delimitação do espaço que poderá ser usado, fica mais fácil escolher o tipo de piscina mais propício para o espaço disponível.                                                                                          

 

Tipos de piscinas

Piscinas de concreto/alvenaria – Versatilidade e personalização.

Este modelo pode ser feito em qualquer tamanho, forma ou profundidade, visto que é muito versátil e pode ser construída em qualquer local do terreno.

Outra vantagem, é a possibilidade de utilizar vários tipos de acabamentos, como pastilhas, azulejos e pedras, já que possui uma boa qualidade e possibilita a personalização conforme o gosto pessoal.

Uma desvantagem é que este tipo de piscina está mais vulnerável a vazamentos, visto que o solo pode se movimentar e causar pequenas fissuras no concreto.

Dessa forma, é necessário garantir uma boa impermeabilização do concreto, que pode ser feito por uma manta asfáltica ou argamassa, por exemplo, para a maior durabilidade da construção.

Piscinas em fibra de vidro – Fácil manutenção e baixo custo.

Piscinas em fibra de vidro são uma ótima opção para quem deseja economia e agilidade na instalação. Como a piscina já é pré-fabricada, a obra leva apenas alguns dias para a conclusão e já está pronto para uso.

Porém, quem gosta de dar seu toque pessoal, fica mais limitado, considerando que elas já são prontas, é possível escolher apenas os modelos já existentes no mercado, sem personalizações.

A sua superfície é bastante lisa, o que não gera acumulo de fungos e também facilita a sua limpeza, porém é necessário muito cuidado para evitar escorregões nas bordas.

Uma vantagem é que as chances de vazamentos são mínimas, mas sua manutenção exige alguns cuidados como evitar o escoamento da água, mantendo-a sempre cheia e deve-se evitar fazer o tratamento da água com algicidas à base de cobre, pois podem causar manchas e a aplicação de cloro jamais pode ser exagerada.

Piscinas de Vinil – Versatilidade e Rapidez

Piscinas de vinil possuem a mesma estruturação das piscinas de concreto, ou seja, também possui muita versatilidade na construção, permitindo sua personalização.

O seu diferencial é o revestimento, já que ele é feito com o vinil. Este tipo de piscina possui uma rápida instalação, fácil manutenção e limpeza, e um baixo custo, comparada as demais.

O revestimento de vinil dura em média 10 anos se cuidado da forma correta. Deve-se evitar objetos cortantes e pontiagudos, pois pode perfurar o vinil, o que causa vazamentos na piscina.

Para enchê-las, é necessário um caminhão pipa, para que elas não enruguem.

Piscinas de vidro – Sofisticação e elegância. 

Perfeita para quem busca uma experiência fora do normal em termo de design de piscinas, elas são sofisticadas e extremamente elegantes.

A principal vantagem dessas piscinas é o valor decorativo que ela passará ao ambiente, assim, agregando ainda mais valor à sua residência.

Mas nem tudo são flores, esse tipo de piscina é uma das mais caras do mercado, então, caso esteja disposto a ter esse requinte em seu quintal, prepare o orçamento.

O projeto desse tipo de piscina precisa estar minuciosamente coerente aos termos de segurança. O local de instalação deve estar preparado para a chegada do vidro, com quadros de aço inox totalmente nivelados e planos.

Para que não exista o risco de acabar quebrando o vidro no momento de encher a piscina.

Mas não ache que por ser vidro ela é frágil, especialistas nesse tipo de piscina garantem total segurança e indicam vidros laminados múltiplos, que são compostos por várias camadas de vidro e material plástico altamente flexível. Recomenda-se que a instalação seja realizada por um profissional que possui experiência, considerando que a instalação requer muita atenção e cuidados.

Ficou com alguma dúvida? A qub está sempre por aqui: Acesse qub house.

 

              

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Conteúdo indisponível.
WhatsApp chat